O último suspiro de Dilma Roussef

aptopix_brazil_political_crisis_eraldo_peres_ap

Dilma tenta uma última cartada antes da votação final

O Brasil assiste nessa segunda-feira ao desfecho do trágico governo de Dilma Roussef. O senado cumpre as últimas etapas do impeachment que se arrasta a meses. Na reta final, sem muito a fazer, só resta ao governo e oposição fazerem contas. Governistas dão o impeachment como certo. Aliados de Dilma apostam em uma virada. Afinal, o que pode acontecer nas últimas horas antes da votação?

No dia que deve anteceder a votação do impeachment, Dilma Roussef passa por um longo interrogatório feito pelos senadores no congresso. No entanto, ambos os lados repetem o mesmo discurso que se alonga há meses. Senadores pró-impeachment tentam encurralar ainda mais Dilma Roussef, enquanto os contrários ao impeachment tentam levantar a bola da petista. A verdade é que há pouco o que se fazer na reta final do processo.

Senadores favoráveis ao impeachment dão como certo a saída definitiva da presidente. E é esse o cenário mais provável. Se der a lógica, o impeachment deve passar com certa folga, podendo superar os 60 votos. São necessários pelo menos 54. Já os aliados de Dilma contam com uma reviravolta no final. Reviravolta que não se desenhou em nenhum momento até agora. Dilma já perdeu na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. Salvo o imponderável, ela deve sofrer a derrota derradeira em menos de 24 horas. O Brasil deve, finalmente, ter um novo governo, agora definitivo, a partir dessa terça-feira. É a libertação definitiva das rédeas do PT.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s